Louca Simbiose





















Quando as palavras em cúpula morfológica
Lacrimejam e ferem o papel
Ganha corpo a poesia

quando as palavras nuas nas andanças
em louca simbiose choram e cantam

a poesia banha o espiríto de conforto.



Flas Ndombe
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: