Requiem...



















A propósito da entrevista a Jorge Miranda, hoje, na TSF, de Cavaco e da questão do seu discurso encriptado:


"Os ilustres confrades que aqui postaram a sua opinião quase seguramente não ouviram nem metade da entrevista!
Reagem salivando ao estímulo do título que a TSF colocou a encimar e que reputa como o mais importante ou, mais provavelmente, pretende seja a mensagem a rejeitar e objecto das óbvias críticas!
Tudo o que disse merece reflexão... foi esclarecedor, incisivo e não deixou de dizer o que pensa relativamente á actual situação política.
Curiosamente coincidente, com argumentação tecnica, constitucional e política, áquela que é a opinião mais veiculada neste momento.
Uma vez que ninguém ouviu... todos desataram a desancar o homem!!
Só mesmo em Portugal!!

Sobre o discurso... tem toda a razão. Aumentou a instabilidade mas, que diabo, alguém esperaria outra coisa??
O PM podia até nem ser Sócrates, mas é o PS que governa, logo...
Isto não é teoria da conspiração!!

Fevereiro de 2002, site da TSF (http://www.tsf.pt/PaginaInicial/portugal/Interior.aspx?content_id=760007), palavras de Cavaco (penso que não estão no site da presidência):

"Depois de ter elogiado as capacidades governativas de Durão Barroso, Cavaco Silva pediu ajuda de de Deus para que o PSD ganhe as próximas eleições, já que «não há mais margem de manobra para falhanços».
O antigo primeiro-ministro Cavaco Silva, considerou hoje (domingo) que «o PSD é novamente a esperança dos portugueses», porque o próximo Governo «não pode voltar a falhar».
Cavaco Silva acentuou que «não há mais margem de manobra para falhanços. Por isso, é preciso a mudança e a mudança é chamar o PSD à governação».
«Felizmente para a nossa democracia que temos um partido, o PSD, preparado para assumir responsabilidades de governação de Portugal. O PS, como grande partido que é da nossa democracia, deve ser remetido para a tarefa nobre da oposição», defendeu o social democrata.
Depois de ter feito rasgados elogios a José Manuel Durão Barroso, Cavaco Silva terminou com um pedido a Deus.
«Que Deus o ajude para que possamos dizer: Viva Portugal!», frisou o antigo chefe de Governo, conseguindo um forte aplauso dos militantes e simpatizantes presentes no Coliseu dos Recreios, em Lisboa."

Nem Deus, nem Durão Barroso... fizeram milagres! E, afinal, apesar de não haver margem de manobra para falhanços... falhou!!

Mas, para se perceber de quem se fala, a justificação para tantos lideres queimados... leiam com atenção. Uma vez mais site da TSF (http://www.tsf.pt/PaginaInicial/portugal/Interior.aspx?content_id=770852), Fevereiro de 2005:

"Leonor Beleza definiu, esta sexta-feira, o que seria para ela o cenário ideal: Cavaco Silva na presidência da República e Manuela Ferreira Leite na liderança do PSD.

Leonor Belez defende Ferreira Leite para liderança do PSD e Cavaco Silva para a presidência da República

Na primeira intervenção depois dos resultados eleitorais de domingo, Leonor Beleza definiu o que seria para ela o cenário ideal: Cavaco Silva na presidência da República e Manuela Ferreira Leite na presidência do PSD.
As declarações da ainda vice-presidente da Assembleia da República foram feitas, esta noite, na SIC Notícias.
«Há uma pessoa que eu gostava de ver na liderança do partido, e que eu gostava muito que se candidatasse a líder do partido, porque acho que ela corresponde a este perfil: (tem a) capacidade de condicionar que não se cometam erros em matérias fulcrais e, simultaneamente, fazer tudo para que o partido coloque o professor Cavaco Silva em Belém. Essa pessoa é a doutora Manuela Ferreira Leite», disse.
Leonor Beleza admitiu porém estar «convencida» que Ferreira Leite «não tem muita vontade nem interesse» em se candidatar à liderança do PSD."

Yo no credo en brujas, pero que las hay, hay!!!

Estamos, acreditem, entregues á bicharada!!
Cavaco conspira porque tem que vingar o que Soares lhe fez (a vida negra a demonstração de todos os erros), o que Sampaio "fez" a Santana Lopes.
A procissão ainda nem ao adro chegou!
Contrariamente ao que diz, o seu interesse está no poder, no partido e muito pouco em Portugal!
Para o conseguir não tem o mais pequeno prurido em, encapotadamente, ter o apoio do PCP e do BE, sobretudo do primeiro.
O que não é espantoso! A paz social que considera imprescindível (mas não o diz) só é possível com o apoio do PCP e do "empenhamento patriótico" das suas estruturas sindicais.
Para esse objectivo o PS... é negligenciável... não interessa e até é "conveniente" o afastamento!
Veremos, no próximo governo de iniciativa presidencial - porque não vai haver eleições!! - estas coisas espantosas!

Tem a sua visão, que rejeitou na famosa declaração á PIDE, e não vai parar!
Mas ninguém, minimamente atento, esperaria outra coisa!

O aventureirismo paga-se... e vamos voltar a pagar!
Ninguém se queixe... o bom senso e a memória são coisa que não abunda por aí...

Pela minha parte vou remeter-me ao silêncio... e á observação divertida do que vai acontecer!
A minha ficha já deve estar bastante completa... e, como tantos interesseiros neste país, também tenho a minha vidinha para tratar.
A participação tem limites e riscos... que não vou correr!

Há muito que perdemos a consciência, vagueamos alcoolizados por lugar nenhum, contentes com o facto de nos termos permitido deixar de pensar pela nossa cabeça!!"

"(...) Quando morreu a consciência do povo, falou-se em autoridade do governo e lealdade dos cidadãos."
(Lao-tsé)

Etiquetas: , , , , | edit post
Reacções: