Basta! É demais!

O homem aguenta muita desgraça, miséria, fome e repressão, até atingir um certo limite.
Até que um dia farta-se de aguentar, solta um grito subversivo «Basta! É demais!» e continua aguentando.

O Mundo Ri, nº. 114, Janeiro de1962
Etiquetas: , | edit post
Reacções: