Ordem de esquecimento





















Cruel é o camarão tanto se dar ao esforço da comida com
tanta perna a pedalar no limo, a filtrar o céu das águas


Reter em cada sorvo
não mais do que além do que a milésima porção do seu
tão leve corpo,
ainda assim pesado, difícil de suster, e trabalhoso.


Melhor é o leão só carecer do vento que anuncia a caça,
erguer o olhar, aferir o curso da manada, lenta ao seu
encontro e à margem do alcance, explodir a massa
muscular
rasgar a chana a floração avulsa de uma ferida quente.


Para além disso, breve audácia, o leão namora e dorme.


Habita o cio.




Ruy Duarte de Carvalho
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
1 Response
  1. Cacusso amigo,
    Linda combinaçao foto-texto... como sempre de muito bom gosto e tao cheio de amor por tua Africa querida, como só mesmo tu podes e saber fazer...
    Um lindo fim de semana!
    Beijos!