Território proibido




























os olhos e os mistérios
tudo que conheço
tudo que amo

teus olhos claros revelam
alma sacra
destino certo

teu manto escuro guarda
tantos segredos
terra sagrada

e eu proibido
de atravessar fronteiras
me deitar em tua paz


(o eu lírico da poesia é um soldado israelita e sua musa uma mulher palestiniana)




Ana Paula da Silva
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
1 Response
  1. Malonguito Says:

    vem.... no meu blog és livre. Não há nada escondido. As fantasias são com a luz acesa!!!!
    E a música é melhor!