...silêncio...


















Desliguem o mundo por momentos, tirem os carros das ruas.
Apaguem a Lua e as estrelas e façam todas as pessoas dormir.
Estagnem as ondas do mar e o vento não soprará jamais.
Façam a terra parar e os barcos ficarem no cais.
E não haverá chuva pois as nuvens não irão aparecer.
E não existirão pesadelos pois não há nada a temer.
Desliguem toda a loucura neste universo meu
para que possa acreditar que a escuridão venceu
e deixem-me dormir sossegada nas doces mãos que o silêncio tem
até encontrar a paz que procuro, no coração de outro alguém.


Ivone Neves de Almeida
In "Imaginatorium"
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
1 Response
  1. Amélia Says:

    qual a nacionalidade da autora deste belo poema?