A descoberta da Australia pelos portugueses




















“Desde há mais de 25 anos que tento divulgar estas teorias que deveriam encher de orgulho e justificado interesse em aprofundar tais estudos, todos os que se interessam pela língua, cultura e história portuguesas mas apenas escutei o silêncio cúmplice dos que se sentem culpados do Tratado de Tordesilhas ter sido violado.

Recordemos que até 1832 a Inglaterra não reconheceu como suas as possessões da Austrália Ocidental aguardando que Portugal as reclamasse. Quem sabe se hoje não teríamos metade deste enorme continente a falar Português? Decerto que muitos dos cerca de um milhão de aborígenes poderiam não ter sido exterminados como foram e a Austrália poderia ser mais multirracial do que é.

Este era o tema do tal documentário ficcionado que apresentei à televisão SBS., e à ABC. Ambas as teses aqui delineadas hoje deviam constar dos programas curriculares portugueses como já constam de muitos dos programas australianos. “


J. Chrys Chrystello


Para continuar a ler o excelente artigo, sugiro uma visita a "Página Um".
Vai valer a pena.
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
2 Responses
  1. Olá,

    Os contornos desta descoberta são tão fantásticos quanto sórdidos. Foram ele que me levaram a escrever o "Terra Java"... Quem vai a certas povoações da Austrália nem acredita: os nativos acham mesmo que foram os portugueses que lá esteve primeiro (bom, a seguir ao aborígenes e pescadores malaios da região). Tive até uma situação bem divertida em Port Fairy, uns 300 km a oeste de Melbourne.

    Abraço,

    João Lopes Marques


  2. Amigo Cacusso,
    Que tua presenca tao querida seja uma linda realidade em minha vida neste 2010 que vai comecar e pelos muitos que virao!
    Beijos, flores e muitos sorrisos!