Imagens


Marginal de Luanda Posted by Hello


Onde estou eu — pergunto. Sei lá
se aqui foi Almeirim, Aljubarrota,
uma rua do Porto ou de Linhó,
do Arieeiro, da nova Porcalhota.

Da minha janela avisto o mar
aberto na ilha de Tahiti.
Cruzo uma praça e estou em Lisboa,
lembrando o além-mar longe da Austrália
ou a Martim Moniz na Madragoa.
Luanda é como eu, nunca lá está.
É uma cidade ao deus-dará,
uma aventura, uma idiotia.
Daí, minha ternura consentida.
Minha? — Só Deus sabe o que será
Luanda vivida
à tôa...


Ruy Cinatti
Do livro: "Os poemas do itinerário angolano", Cadernos Capricórnio, 1974, Angola/África
Etiquetas: , , , | edit post
Reacções: