Sonho contemplado















Foto de Jorge Neto, em Africanidades



A acompanhar com o vinho
Na tasca do tagarelice
Serve-se de Mim em bandeja
Para petisco e gira-disco
Eu por cá estou feliz
Por ter tido um sonho

Sonho avesso em diagonal
Alma na travessia atlântica
Banhada com a espuma da lua
naveguei no leque do tubarão
e o corpo jaz no ilhéu d' Areia

Pensar amarfanhado no divagar amorfo
Na embriaguez das ondas do libertar
Duelo esgrime-se na arena da barbárie
Nas praças lavra-se a verdade em série

E eu nesta cabana do pescador
Na ternura do descanso na preia-mar
Contemplo a fortuna emérita do sonhar



A. Quadé
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
6 Responses
  1. Excelente poema.
    Não conheço o poeta, deduzo que seja moçambicano.

    Tenho ideia que há muito tempo te visitei, mas não tenho o teu link (sei porquê ...). Mas vou colocá-lo logo que possa. Obrigado por teres o meu.

    Abraço


  2. Rectifico...
    Tenho ideia que há muito tempo te visitei, mas não tenho o teu link (não sei porquê ...).


  3. Denudado Says:

    Caro Cacusso,

    Este poema não parece ser de Adão Quadé, mas sim de Ndongle Akudeta, que também é da Guiné-Bissau (aqui já fica uma resposta a Nilson Barcelli: A. Quadé não é moçambicano, mas sim guineense). Verifique aqui que este poema foi posted by Ndongle Akudeta.

    Como se vê, Adão Quadé e Ndongle Akudeta têm em conjunto um blogue, chamado "Djambadon", nome de um ritmo (?) tradicional da etnia mandinga, que é certamente a etnia destes dois poetas. Neste belíssimo blogue estão diversos poemas (muito bons, quase todos) destes dois autores e de alguns outros poetas guineeneses.

    Um abraço


  4. Cacusso Says:
    Este comentário foi removido pelo autor.

  5. Cacusso Says:

    Obrigado amigo Denudado.
    Tive acesso ao magnifico poema através do grupo Moransa (http://groups.msn.com/Moransa/escritoresguineenses.msnw).
    De Adão Quadé ou de Ndongle Akudeta a verdade é que é fantástico... Vou, claro tirar o «caso» a limpo até porque o seu, a seu dono!
    Espero voltar a assistir em breve ao seu regresso ás «lides». Mas, se o regresso tiver o mesmo motivo... prefiro sabê-lo com muita saúde, por muitos e bons anos.
    Bem haja!


  6. Cacusso Says:

    Amigo Nilson

    Obrigado pela visita e pela intenção de linkar este «estaminé» no magnífico Nimbypolis.

    Abraço