kilumba muxiluanda
















à
cidade de Luanda.



… num rouco e lânguido muxoxo
ao entardecer
a cidade se espreguiça:
ressonâncias das telúricas
núpcias mar/fogo. oh! vida.

levantam voo asas
de alva espuma.
deposita suaves beijos o mar
nas rochas. e sento-me. absorto

o horizonte, em chamas vespertinas
sorri às ondas
em seu erótico
saracotear
de kilumba muxiluanda.

nas esquinas enrugadas da onda
poiso meu rústico braço.
com ele se evola todo o universo
em tão ígneo verso…

oh! urbana ansiedade: choros risos
e sulfídricas sombras.
com frémito, raios de sol
salgados de sal
bebo. a vida mente.




Conceição Cristóvão
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
1 Response
  1. Que linda e' Luanda, amigo Cacusso... nao a imaginava tao bela!

    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    Eu Sei Que Vou Te Amar
    Viver Integral