Espiral da vida














"Placenta" de Kiluanji Kia Henda, da sua galeria






as horas caminham em espiral
lúgubres com(o)vidas
em calafrios urdidos
vultos à espreita sonegam.
iminentes.
o mundo grita seu cancro
em mil silêncios. cortantes.
de vidro e agonia.



Conceição Cristóvão
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: