São sinais de uma tristeza























São sinais de uma tristeza
profundíssima e remota:
a “patada no peito”
e a saída na espera.

Ca-
pitulação
capitólios, pitulinas
kaputos & kaluandas
turras e pulas
e o resto da merda toda
a fermentar no contentor da História
aonde os “vagabundos da verdade”
vêm sondar
os detritos do sonho.

Tem muito filho-de-puta a povoar a crónica.
As criaturas honestas
estão sentadas na sua honestidade
e já agora aproveitam
para ficar quietas
enquanto os outros garantem
o produto nacional.

Se houver cerveja
manda-me chamar.
Talvez encontre então
razão para festas.



Ruy Duarte de Carvalho
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: