Minha terra meu sitio



















Sempre que percorrer o mundo
saberei onde é o meu berço
o onde foi o primeiro abraço
com vento que me viu chegar
a luz do meu habitar
no dia que, desta mãe passei a ser filho

Assim tenho no sangue corrente dos rios
que circulam nesta terra
e dão a minha vida uma cultura
abrindo-me no horizonte novos andarios

Foi aqui o meu princípio
e mesmo que aqui não for o meu fim
os últimos instantes de mim
trarão na mente o postal do meu real sitio



Poetamenor
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: