no baloiço da manhã


























xxxxxxxxxxxxxxxxxxà ducha



(se a cor
da ilha de luanda
namora a traça
da tua saia)
o beija-flor
alimenta-se da tua flora
e a infinita violeta
lambe a espada
a nuvem da prata
ilude a traça
na manhã do teu baloiço




Fernando Kafukeno
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: