A ler

O post da Phwo que nos remete para mais uma monstruosa obscenidade do poder em Angola.


"O Inferno existe à face da terra e não só no Zimbabué ou na Coreia do Norte", escreve Armando Rocheteau no 2+2=5.
Aung San Suu Kyi sabe-o melhor que ninguém!
Liberdade, já!


Com atrazo... indesculpável (no mínimo) dou as boas vindas a mais um magnífico volume da série Chuinga, da amiga Isabella Oliveira. Já vai no quinto!
Parabéns. Pelo volume e pelo aniversário, mesmo que tenha já encerrado as comemorações.


Fica ainda o solene anúncio que a minha particular e talentosa amiga Célia Silva regressou ás lides, renascida das cinzas para um voo que, esperamos todos, seja grandioso.
Força, amiga!
Mostra aí todo o teu talento.
Etiquetas: , | edit post
Reacções: 
2 Responses
  1. Denudado Says:

    Aung San Suu Kyi (a última palavra lê-se Tchi), apesar de ser pequenina em tamanho, é uma GRANDE mulher. Tem feito ao longo dos anos frente a uma das mais ferozes e abjectas ditaduras do mundo, perante a total impassibilidade daqueles países que gostam muito de se armar em defensores dos direitos humanos. Ela tem sofrido toda a espécie de afrontas e de maus tratos, com risco da própria vida (isto não é uma figura de retórica), sem nunca se vergar.

    E em Portugal, que sabemos nós de Aung San Suu Kyi e do seu desgraçado país, Myanmar (antiga Birmânia)? Absolutamente nada, apesar de haver entre os birmaneses descendentes de portugueses. Para os "nossos" media, Aung San Suu Kyi não interessa absolutamente para nada, não tem a mínima importância em comparação com o cão do Mourinho.


  2. Obrigado pela referência ao 2+2=5. O post é do FAR. Eu apenas publiquei-o.
    Abraço