Sei que aos 30...
















Sei que aos 30,
já a velhice me alcançou
e a vida me venceu.
E há muito tempo que caí de medo.
Há muito tempo que arde
na fogueira a chama da vida.
O fumo
que dela sai,
confunde-se com as nuvens no céu,
confunde-se comigo.



Ana Maria Branco
In “Antologia da poesia feminina dos PALOP”
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: