Madrugada À Dentro
























Como eu queria que este dia não terminasse...
Como eu queria que este sonho fosse verdade...
Como eu queria que o dia e a noite,
O sol e a lua, parassem cada
Uma na sua constelação,
Que o dia não terminasse e
Que a noite não chegasse.

Tiraste-me o sol, deixaste-me só
Tiraste-me a lua, deixaste-me lembranças,
Tiraste-me o dia, deixaste-me doida,
Tiraste-me a noite, deixaste-me nua.

Como eu queria ter,
O teu corpo colado ao meu,
Os teus lábios nos meus,
Os teus dedos entrelaçados com os meus.

Como eu queria que ouvisses
O sufocado gemido saído
Da minha boca, o bater
Descompassado do meu coração,
Que visses a alegria espalmada no
Meu rosto, gotas salpicantes de
Suor que brotam do meu corpo...

Ah!... Como eu queria que esta noite
Não terminasse, para que soubesses
Que te amo e que mesmo distante
Sinto-me presente... em sonhos.



Leila dos Anjos
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: