Kissama

Foto daqui


Há sonhos profundos e extenuantes
de passeios por clareiras e planícies
os antílopes se atascam no lodo
e o terreno molhado é feitiço

Eu não fugia perseguia o sonho meu
a chuva torrencial continuava e eu
à espera de mais palancas ao largo
e vinda do esteval a pacaça entrou no rio

Meu Deus! Estou na Kissama !
Aqueles passáros são de Cabo Ledo
as minhas rédeas soltei-as e desenfreada
fui até a trilha dos elefantes sem medo

Acordei porque acordei?
O tecido do meu fato tolhia-me os
movimentos.
Porque não vi o Jacarés pagar imposto?
Porque não vi os hipopotamos a brincar?
Porque não comi churrasco no acampamento
do lugar?
Porque não passei a jangada?
Porque não vi a família de leões?
E porque não vi o Pai da Edu a me acenar?
Guarda deste Santo lugar!!!
E Porque não vi sobretudo.....
a virgem de madeira no rio
a boiar?


Massemba
in Poesia de Maglotei
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
2 Responses
  1. massemba Says:

    Comno eu gosto da Kissama!

    E como a Poetisa Massemba a descreveu com alma


    M/mag


  2. massemba Says:

    Continuo a adorar a Kissama