Mudança




















Mudo o prefixo da mudança
Não uso o mudo silêncio de estar
A mudança é olhar do não ficar
No abuso do uso da dança.


Visionarás a tua eternidade nos silêncios das coisas.
E na dimensão do sonho verás a intemporalidade.
O que ilude a metafísica do olhar é julgar a verdade da fronteira.



António Pompílio
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
1 Response
  1. Venusa Says:

    Amigo,
    Acho lindas as poesias que colocas no teu blog, fabulosas algumas fotos e pinturas.... mas já se justificava alguma coisa de tua realmente....
    Que tal?