Meia-Noite na Quitanda






















Market Pal, quadro de Reuben Glover, aqui




- Cem réis de jindungo
Sá Domingas

O sol
entrega Sá Domingas à lua
nas quitandas dos musseques

E a quitandeira esperando

- Cinqüenta réis de tomate
três tostões de castanhas de caju
um doce de coco
Sá Domingas

Ela vende na quitanda à meia-noite
que o filho
está na estrada
precisa de cem mil réis
para pagar o imposto

o sol deixa Sá Domingas
na quitanda
e ela deixa o luar

Um tostão
dois tostões
três tostões
que o coração de Sá Domingas
sofre mais do que o corpo na quitanda.



Agostinho Neto
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
1 Response
  1. Sara Says:

    É sempre bom fazer as coisas como estão, espero que em algum momento eu também tenho a oportunidade de sentar e escrever um pouco, talvez eu vou em restaurantes de Moema