Reza, Maria


























Suam no trabalho as curvadas bestas
e não são bestas
são homens, Maria!


Corre-se a pontapés os cães na fome dos ossos
e não são cães
são seres humanos, Maria!


Feras matam velhos, mulheres e crianças
e não são feras, são homens
e os velhos, as mulheres e as crianças
são os nossos pais
nossas irmãs e nossos filhos, Maria!


Crias morrem à míngua de pão
vermes na rua estendem a mão à caridade
e nem crias nem vermes são
mas aleijados meninos sem casa, Maria!


Do ódio e da guerra dos homens
das mães e das filhas violadas
das crianças mortas de anemia
e de todos os que apodrecem nos calabouços
cresce no mundo o girassol da esperança


Ah! Maria
pôe as mãos e reza.
Pelos homens todos
e negros de toda a parte
pôe as mãos
e reza, Maria!


José Craveirinha
Etiquetas: , , | edit post
Reacções: 
2 Responses
  1. Papo-seco Says:

    É sempre surpreendente ler Craveirinha


  2. Te achei na JU...e ela me falou de vc....temos algo em comum.....fui à Africa e me apaixonei....pelo país é claro....Fui à do Sul, e alguns vizinhos, mas, dia 14 de julho volto pra ver a Nam[ibia...vamos trocar figurinhas?Quem sabe um dia desses a gente nao vai junto?Seria hhilário..beijoca