Terrorismo - As polémicas da kitanda


David e Golias (Caravaggio) Posted by Hello


OS FACTOS E AS NOTÍCIAS


. PORTUGAL (1383-1385)
Tentativa de tomada do poder por Castela
Apenas o levantamento popular e o apoio de Inglaterra impede que Castela tome o poder em Portugal através da invasão deste país que culmina na Batalha de Aljubarrota.

. AFRICA (Sec. XV a XIX)
Escravidão, deportação e genocídio de populações
Acto levado a cabo pelos impérios coloniais português, francês, espanhol, inglês e holandês.

. AMÉRICA DO SUL E CENTRAL
Aniquilação da população indígena
As populações amerindias são levadas á integração forçada ou ao extermínio por acção dos impérios coloniais, sobretudo o espanhol.

. AMÉRICA DO NORTE
Aniquilação da população indígena
A população autoctone é, como na América Central e do Sul, levada á confinação, extermínio ou aculturação forçada durante o período da expansão para ocidente.

. PORTUGAL (1641-1668)
Guerra da Restauração
Após o golpe de 1640 seguem-se 27 anos de luta contra a ocupação espanhola.

. PORTUGAL – ESPANHA – INGLATERRA – FRANÇA – HOLANDA – URSS - EUA
Construção de impérios a nível global
Estratégias comuns, adaptadas no tempo ás técnicas, ao conhecimento científico, militar e ás correntes ideológicas, económicas com ou sem ocupação de território. Acções bélicas através de força militar própria, por interposto adversário ou acção conjunta.

. ROMA (Set 1973)
Audiência papal
O Papa Paulo VI recebe dirigentes dos movimentos de libertação de Angola, Moçambique, Guiné e Cabo Verde, respectivamente MPLA, FRELIMO e PAIGC.

. JACARTA (Dez 1975)
Visita de Gerald Ford e Henry Kissinger
Dada luz verde á Indonésia para a invasão da Republica Democrática de Timor-Leste e posterior anexação desta antiga colónia portuguesa.

. AFEGANISTÃO (1979 –1984)
Guerra contra os mujahedins
EUA armam e prestam todo o apoio logístico a Ussama Bin-Laden e aos mujahedins na sua justa luta contra a ocupação soviética.

. DILI
Saque (Set 1999)
Após a derrota da Indonésia na sua pretensão de manter Timor-Leste como a sua 27ª. Província, uma onda de violência, promovida pelo estado indonésio através de milícias organizadas e armadas por si, percorre todo o território.

. NEW YORK
11SET2001
Comandos da organização terrorista de Ussama Bin-Laden levam a cabo o atentado que provoca a queda das torres do WTC pela colisão de 2 aviões. Um outro avião embate contra o Pentágono e um outro avião é impedido pelos passageiros e tripulação de embater contra a Casa Branca.

. MADRID
11MAR2004
Comandos ligados á Al-Qaeda provocam explosão e descarrilamento de vários comboios em Madrid.

• INDONÉSIA
Português entre as vítimas de atentado, 8 mortos e mais de 100 feridos
Um atentado à bomba ocorrido, esta manhã, junto à embaixada australiana em Jacarta fez pelo menos oito mortos e 168 feridos, segundo o Ministério da Saúde indonésio. Há um português entre as vítimas que apresenta ferimentos ligeiros, disse à TSF o embaixador de Portugal na Indonésia.


• RÚSSIA
«Dois pesos e duas medidas» de Washington e Londres
O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, denunciou a política de «dois pesos e duas medidas» dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha na luta contra o terrorismo. Moscovo acusa os dois países de acolherem emissários tchetchenos independentistas.

• MÉDIO ORIENTE
Expulsão de Yasser Arafat nunca esteve «tão perto»
A expulsão do presidente da Autoridade Nacional Palestiniana (ANP), Yasser Arafat, dos territórios da Cisjordânia e Faixa de Gaza «nunca esteve tão perto», afirmou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros israelita, Sylvan Shalom.

• TONY BLAIR ( 14:22 / 07 Set 04 )
Guerra contra terrorismo «será ganha»
O primeiro-ministro britânico está convicto de que a guerra contra o terrorismo pode ser ganha. Tony Blair afirmou que essa luta «será ganha», mas alertou que «vai exigir um esforço particular» de diversos «domínios».

• VATICANO ( 13:32 / 07 Set 04 )
Mundo «entrou na quarta guerra mundial», diz Cardeal Martino
O mundo «entrou na quarta guerra mundial». A afirmação é feita pelo cardeal Renato Martino, em entrevista ao jornal italiano «La Stampa», na sequência da tragédia na escola de Beslan, Ossétia do Norte. Este alto responsável do Vaticano considera ainda que a ONU deve empenhar-se na luta contra o terrorismo.

• ROMA ( 22:58 / 06 Set 04 )
Desfile em honra dos reféns na escola da Beslan
Dezenas de milhares de pessoas desfilaram em Roma, esta segunda-feira à noite, em silêncio e de vela acesa na mão, em memória das vítimas da tomada de reféns de Beslan, na Ossétia do Norte

. IRAQUE (08Set04)
1000 soldados americanos mortos
Desde a invasão do Iraque, em Março de 2003, com a argumentação da expansão da democracia, da luta contra o terrorismo, da luta contra a ditadura e pela destruição das Armas de Destruição em Massa, morreram já 1000 militares americanos. Há centenas de mortos entre os soldados da coligação oriundos de outros países e milhares entre os civis iraquianos.

. SOMÁLIA
Fome e intervenção
Gorou-se a tentativa americana, no meio de grande espectáculo mediático, de pacificação da Somália. O país ficou entregue aos «senhores da guerra» e o povo somali entre á mais completa indigência.

. AFRICA CENTRAL
Massacres
Perante a indiferença da «Comunidade Internacional» são ao longo de décadas perpretados vários genicídios de populações hutus e tutsis.

. SUDÃO
Darfur
O governo sudanês não desarmou as milícias árabes Djandjawid nem pôs fim aos seus brutais ataques contra as populações civis da região de Darfur, declarou sexta-feira em Nova Iorque o enviado das Nações Unidas no Sudão.
De notar que a «Comunidade Internacional» entende, apesar de 50.000 mortos não haver genocídio.
Importante notar ainda ser a região de Darfur rica em petróleo.

. URSS e YUGUSLAVIA
Deportações de populações
Durante os períodos de dominação comunista é executada política de deportações e deslocações forçadas de populações. Denominador comum de situações de guerras civis, de libertação com atrocidades e genocídios sem conta.



PEDIDOS

Haja alguém de bom senso que me explique onde, quando e quem foi terrorista ou executa actos de terrorismo.
Que alguém de entre as acções descritas diga, sem entrar em panfletarismo, o que é acto de terrorismo, de libertação ou autodefesa.
Se possível que alguém explique como é que se insulta Mário Soares, p.e., por ter dito que só a negociação resolve, em parte o problema, quando aqui são descritos imensos exemplos de negociações.
Convinha que se explicasse a alguém - aterrorizado, humilhado, faminto e sem terra - como é que se pode abdicar dos parcos proventos que lhes são acenados junto ao seu nariz em nome de ideais que, em grande medida, nem são os seus??



TEORIA

Onde houver um “Golias” (social, política e económicamente arrogante e dominador) haverá sempre um “David” pronto a lutar pelo que considera ser a justiça.
Terá tantos mais adeptos quanto a situação fôr colectivamente tida como justa e se houver graves desigualdades e discriminações.
Se, aliado a estes factores, se juntarem argumentos territoriais e/ou religiosos a situação será explosiva.
Se a esses se juntarem factores externos relativamente a regiões de interesse estratégico ou económico; e se a esses se juntarem regimes corruptos e ditatoriais bem como imprensa absolutamente amordaçada, estarão reunidas as condições para a existência não de grupos isolados mas de povos prontos ao martírio.



QUEM ESTÁ ERRADO?? SEI PERFEITAMENTE QUEM.

MAS O TERRORISTA É APENAS QUEM MATA INOCENTES?
QUEM PROVOCA AS CONDIÇÕES PARA QUE TAL SUCEDA, O QUE É?
Etiquetas: , | edit post
Reacções: